SOBRE

Coordenação

Maria de São José Côrte-Real

 

Financiamento

FCT - Fundação para a Ciência e a Tecnologia | Projecto Estratégico INET-md

 

Referência

UID/EAT/00472/2013 | UID/EAT/00472/2019

 

Projeto Espólio João Victória

O Projeto Espólio João Victória (EJV) destina-se ao tratamento arquivístico e ao estudo do acervo documental deixado por João Victória (1882-1952?). Desenvolve-se, coordenado por Maria de São José Côrte-Real, sob os auspícios do INET-md (UID/EAT/00472/2013 | UID/EAT/00472/2019) em colaboração com os do Programa Erasmus+ Estágios e os do Programa de Estágios Curriculares de Ciências Musicais no seguimento e em parceria com as unidades curriculares de Teoria e Método e Pesquisa de Campo em Etnomusicologia, na NOVA FCSH. Tem como objetivo tratar, estudar e disponibilizar, para acesso público, a documentação constituinte do acervo do músico e pedagogo autodidata João Victória que nele se reivindica, numa nota de assinatura em 20 de Janeiro de 1944, como “Professor-Compositor Musical (Ensina banjo-bandolim, violão ou viola, Guitarra, flauta, violino ou rabeca, Piano, trompete, saxofone, Clarinete, etc., etc.)”. O projeto integra uma equipa interdisciplinar e internacional que realiza a digitalização e organização da documentação de acordo com os princípios definidos para o tratamento de meta-dados na plataforma Inetbase. O estudo, em realização e a desenvolver por alunos dos três ciclos do Departamento de Ciências Musicais e por investigadores do INET-md, visa em primeiro lugar conhecer o intelectual em foco, a sua obra e a sua ação musical, e depois, proporcionar o acesso à informação no espólio, por parte de investigadores interessados e público em geral.

 

João Victória
João Victória (Vouzela, Viseu 1882 – Lisboa 1952?), alfaiate de primeira profissão aprendida no Porto, foi músico, compositor, pedagogo, letrista, arranjador e editor da cena musical lisboeta na primeira metade do século XX. A sua importância como pedagogo manifesta-se na vasta produção de métodos de ensino de instrumentos musicais que editou e comercializou por conta própria, nomeadamente num livro de solfejo, num método de teclado para piano, e numa série de métodos de «Ensino Sem Mestre» para vários instrumentos, como viola, guitarra, bandolim, flauta ou flautim, violino ou rabeca, saxofone, clarinete, cornetim, trompete, entre outros. 


Espólio João Victória
O EJV, reunido por si e seus descendentes, foi cedido ao INET-md através de um protocolo de tratamento e estudo, estabelecido entre Maria Filomena Lourenço Mendes de Brito, sua bisneta (em representação de herdeiros de Suzette Victória Lourenço Mendes de Brito) e Maria de São José Côrte-Real, investigadora integrada do Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Musica e Dança da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, e docente na mesma faculdade (em sua representação). O EJV contém materiais pedagógicos, escritos pessoais diversos, fotografias, composições originais, transcrições e arranjos para piano, instrumentos de sopro e cordas.